A queimar o padrão

Processo de Trabalho

Da Natureza até à peça final

O processo de trabalhar a cabaça, até ao resultado final que apresentamos, é moroso, exigente, e obedece a diversas fases que não podem ser contornadas. Desde a secagem e lavagem, até ao verniz final, cada peça exige longas horas de trabalho e dedicação. 
É um trabalho de Amor. Requer paciência e paixão pelo que fazemos, para o levar até ao fim. Daremos aqui uma primeira idéia desse processo e no futuro iremos também acompanhá-lo em video.

Diapositivo2

No início tentámos cultivar as nossas cabaças, mas não obtivémos a qualidade desejada e acabámos por desistir. Depois de colhida, a Cabaça é deixada a secar por um período que pode ir de seis meses a um ano. Quando as sementes se soltam dentro da Cabaça, é sinal que está pronta para trabalhar. A primeira fase do processo é a lavagem. São mergulhadas em água durante umas horas, para facilitar a eliminação da película exterior. Depois de eliminada toda a película e impurezas, as cabaças permanecem ao sol até secarem.

Diapositivo3

Depois de secas, são perfuradas para retirar as sementes e limpar o interior. No caso das luminárias, este procedimento nem sempre é fácil. A abertura é muito estreita e dificulta o acesso a todos os recantos. É muito importante usar uma boa máscara com filtros adequados porque os fungos que se criaram dentro da cabaça ao longo da secagem, soltam-se ao abrir, e não devem ser inalados.

Diapositivo4 (2)

Os restos secos do fruto, que se colam às paredes interiores, são retirados até atingir a textura amadeirada da cabaça. Guardamos todas as sementes e oferecemos a quem nos pede. Por vezes temos a sorte de receber alguns frutos em troca. 

Prontas para Trabalhar

Depois da limpeza, estão finalmente prontas para dar início ao processo criativo.

482

Depois de limpas por dentro e por fora, começa o trabalho artístico. O desenho é feito diretamente na cabaça. Esse facto aliado às próprias características de cada Cabaça, dão origem a peças únicas e originais,

483

O desenho é, então queimado com um pirogravador. Dependendo do trabalho pode ser só delineado, como é o caso deste padrão, ou totalmente pirogravado, no caso de motivos ou padrões mais complexos.

Diapositivo6

A fase seguinte é a gravação. Com a ajuda de variadas fresas, a película exterior vai sendo retirada para dar lugar ao desenho ou padrão pretendidos. Dependendo do objetivo, este processo pode ser bastante demorado e complexo. É  equivalente a esculpir em madeira. 

Diapositivo7 (2)

Por último a Cabaça é perfurada de forma a que, quando a peça é ligada à electricidade, o padrão ou desenho, apareçam em contraluz. É muito importante usar máscaras de boa qualidade ao longo de todo este processo.

Por fim, as peças são envernizadas, com várias demãos, por dentro e por fora. O sistema eléctrico é aplicado e chegámos ao final ! A Luminária (ou candeeiro) está pronta para tirar fotografias e levar a sua MAGIA a casa de um cliente...!

deixe aqui o seu comentário

Pode entrar com a sua conta de facebook, registar-se no nosso site, ou comentar como convidado. 
A sua opinião é importante e ajuda-nos a evoluir.

Subscrever comentário
Notificar
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários

outros artigos em cabaças

No nosso Blog que poderão encontrar muitas curiosidades acerca da Cabaça e informação importante em todas as áreas do nosso trabalho. 
Visitem-no e fiquem a par das novidades.